Quando qualquer um - seja aonde for - estender a mão pedindo ajuda...
Quero que a mão de A. A. esteja sempre ali.
E por isto eu sou responsável.

O CORAÇÃO DE UMA VERDADEIRA SOBRIEDADE

“Verificamos não haver necessidade de que ninguém tenha dificuldade com a espiritualidade do programa. Boa vontade, honestidade e uma mente aberta são os elementos essenciais à recuperação. E são indispensáveis.

Sou bastante honesto para me aceitar como sou e deixar que isto seja o "eu" que deixo os outros ver? Tenho a boa vontade para ir a qualquer distância e fazer o que for necessário para manter-me sóbrio? Tenho a mente aberta para ouvir o que preciso ouvir, pensar o que preciso pensar, e sentir o que preciso sentir?

Se minha resposta a estas questões é "sim", quer dizer que sei o suficiente sobre a espiritualidade do programa para manter-me sóbrio.

À medida que continuo a praticar os Doze Passos, caminho em direção ao coração da sobriedade verdadeira: serenidade comigo mesmo, com os outros e com Deus como eu O concebo.

Fonte: Livro “Reflexões Diárias”.


Alcoólicos Anônimos Online – Todos os direitos reservados