Quando qualquer um - seja aonde for - estender a mão pedindo ajuda...
Quero que a mão de A. A. esteja sempre ali.
E por isto eu sou responsável.

LIBERAÇÃO DA CULPA

“No tocante às outras pessoas, tivemos de eliminar a palavra "culpa" de nosso vocabulário e de nossos pensamentos.”

Quando me tornei disposto a aceitar minha própria condição de impotência, comecei a perceber que culpar a mim mesmo por todos os problemas na minha vida poderia ser uma viagem para dentro de mim mesmo, de volta para a desesperança.

Pedindo ajuda e escutando profundamente as mensagens contidas nos Passos e Tradições do programa. foi possível mudar essas atitudes que atrasam minha recuperação. Antes de ingressar em AA eu desejava tanto a aprovação de pessoas importantes, que estava disposto a me sacrificar. bem como aos outros, para ganhar posição social. Invariavelmente eu tinha muitos desgostos. No programa encontrei verdadeiros amigos que me amam. me entendem e procuram ajudar-me a aprender a verdade sobre mim mesmo.

Com a ajuda dos Doze Passos, sou capaz de construir uma vida melhor. livre da culpa e da necessidade de autojustificação.

Fonte: livro “Reflexões Diárias”.


Alcoólicos Anônimos Online – Todos os direitos reservados