Quando qualquer um - seja aonde for - estender a mão pedindo ajuda...
Quero que a mão de A. A. esteja sempre ali.
E por isto eu sou responsável.

UNIDOS VENCEREMOS OU PERECEREMOS

“... nenhuma associação de homens e mulheres teve, em tempo algum, uma necessidade mais premente de contínua eficiência e permanente união. Nós, alcoólicos, percebemos que precisamos trabalhar conjuntamente e permanecer unidos, do contrário a maioria de nós acabará por morrer, cada um sozinho em seu canto.”

Tal como os Doze Passos de AA foram escritos numa seqüência específica por uma razão, assim também é com as Doze Tradições.

O Primeiro Passo e a Primeira Tradição tentam inculcar em mim a suficiente humildade para me dar uma chance de sobrevivência. Juntos são a base sobre a qual os Passos e Tradições que se seguem são construídos. É um processo de deflação do ego que me permite crescer, como indivíduo através dos Passos, e como membro participante de um Grupo através das Tradições.

Aceitação total da Primeira Tradição me dá condições de deixar de lado as ambições pessoais, medos e raiva quando eles estão em conflito com o bem estar comum, permitindo-me assim trabalhar com os outros por nossa sobrevivência mútua.

Sem a Primeira Tradição, fico com pouca chance de manter a unidade exigida para trabalhar com os outros, eficazmente, e também posso perder as demais Tradições, a Irmandade e a minha vida.

Fonte: Livro “Reflexões Diárias”.

 


Alcoólicos Anônimos Online – Todos os direitos reservados